Dicas para garantir o ‘…viveram felizes para sempre’ em seu casamento

Será que o segredo da felicidade de um casal pode se resumir a 10 palavras? Provavelmente não. Mas é possível, com elas, analisar a relação, prevenir ou resolver problemas e renovar a principal: amor
Um relacionamento duradouro se constrói à dois, dia a dia. A paixão definiu o ponto de partida. O amor se tornou a base. E com ele vieram a amizade, o carinho, o respeito, o companheirismo. Com a decisão de casar e viver juntos veio também a responsabilidade: como manter isso tudo vivo? É importante ver a relação como um caminho que os dois escolheram trilhar de mãos dadas. E para que essa caminhada dure e seja feliz, é preciso, a cada gesto, relembrar, fortalecer e renovar os motivos que motivaram o primeiro passo.

• Veja mais matérias do Guia sobre relacionamento e vida a dois
• Será que casar faz bem? Cientistas tentam descobrir

Acreditando que sua relação partiu de uma linda história de amor, o Guia de Casamento separou para o casal 10 palavras básicas para que esse conto de fadas possa ser sustentável e duradouro. Lembrando que tudo principia com um sentimento puro e um compromisso mútuo de respeito e felicidade.

As 10 Palavras que Fazem a Diferença:

Caminhando juntos e felizesCompanheirismo: Um amor companheiro é aquele que aprende a ceder, a estar presente em situações que não são as suas prediletas (mas que podem até vir a se tornar), por respeito e carinho. O companheirismo leva à cumplicidade, fazendo o casal se entender com um simples gesto ou olhar. Admirar e defender o outro também faz parte.

Liberdade: Casamento não é mesmo prisão. Permaneçam livres e independentes. Não percam suas personalidades. Ceder às vezes, sim. Mas anular-se, nunca! Mantenham suas profissões, a família, os amigos, enfim, suas identidades. Descubram como conciliar isso com a vida a dois.

Autoestima: Cuidem-se sempre. O primeiro segredo para ser amado (e continuar sendo) é amar-se. Após o casamento, junto como a rotina, filhos, etc. muitas vezes vem o descuido pessoal. Não deixem de cuidar da saúde, da higiene e da beleza. Um cabelo diferente, uma roupa nova, um hábito saudável, podem fazer milagres.

Respeito: Sejam tolerantes com as falhas do outro, aprendam a aceitar as diferenças e idiossincrasias de quem você ama. Cada um tem as suas. Descubram como se superar e evoluir juntos. Respeitar as escolhas do outro também é fundamental, às vezes as pessoas precisam aprender com os próprios erros. E lembrem-se que, quando acaba o respeito mútuo, o relacionamento fica cada vez mais difícil.

Diálogo: Aceitar os defeitos não significa guardar ressentimentos e mágoas. Falem o que está sentindo de forma clara e gentil, não em tom de crítica. Reserve tempo na relação para expressar seus sentimentos e, também, ouvir o outro. Não basta esperar a oportunidade, é preciso preparar o clima, abrir espaço para a conversa. A infelicidade é irmã do silêncio.

Mudança: Enfrentem a rotina, mudem a forma de fazer as coisas do dia a dia, acrescentem novidades, por menores que sejam. Um ingrediente diferente pode mudar completamente o sabor de um prato comum.

Surpresa: Experimentem coisas novas, novos lugares, novas atividades, novos círculos de amizade, quem sabe até uma renovação de votos do casamento. Aprendam coisas diferentes, juntos ou individualmente. Presentes e mimos fora das datas especiais também são bem vindos!

Elogio: Cultivem uma atitude positiva. No lugar da crítica, um elogio. No lugar da reclamação ou do sarcasmo, uma brincadeira descontraída. Lembrem-se dos motivos que os levaram ao altar.

Toque: Mantenham o contato físico. Um toque, um carinho, um abraço, são vitais para garantir a troca de energia e manter o clima de romance e a sensação de “presença emocional”.

Intimidade: Além do carinho, a vida sexual também precisa de cuidados para não cair na mesmice. A falta de sexo pode ser tão prejudicial ao relacionamento quanto uma rotina sexual sem novidades. E trazer o novo para os momentos de intimidade é tarefa dos dois!

Todos esses conselhos são resultado da observação e dos diversos estudos realizados ao longo da história dos relacionamentos humanos. Mas não existem receitas prontas para a felicidade. Cada casal deve descobrir seus próprios meios para tornar sua relação perene e feliz. O importante é que essa tarefa seja natural, permanente e, principalmente, mútua.

Texto originalmente postado em https://www.guiadecasamento.com.br/recem-casados/relacionamento/10-segredos-relacionamento